Lista de Boas Práticas

<< Voltar à lista

Enquadramento

O "Arquivo Digital do Ministério das Finanças" é um sistema de informação que visa disponibilizar, sob forma eletrónica, os acervos documentais à guarda do Arquivo Contemporâneo do Ministério das Finanças (ACMF), quer aos organismos que produziram esses acervos (gabinetes governamentais, serviços do Ministério ou organismos extintos), quer ao público em geral. 

Este os principais problemas que tornaram urgente a criação do "Arquivo Digital do Ministério das Finanças", encontra-se a necessidade de:

·        Racionalizar os espaços ocupados pelas crescentes massas documentais acumuladas pelos diversos gabinetes e direções-gerais do Ministério das Finanças (MF);

·        Disponibilizar a informação contida nessa documentação, não só às entidades produtoras, como ao público em geral.

Procura-se com o "Arquivo Digital do Ministério das Finanças":

·        Proceder a uma maior integração da informação do MF, sendo que o acesso aos acervos documentais, dispersos tecnológica e fisicamente, se fará de forma eletrónica, através de uma única base de dados;

·        Disponibilizar eletronicamente a informação à guarda do ACMF, não havendo necessidade do leitor se deslocar ao local;

·        Otimizar os recursos materiais e humanos, pela transversalidade inerente ao projeto, decorrente das parcerias com serviços do MF e de outros organismos da Administração Pública;

·        Racionalizar os espaços, com a substituição de grande parte da documentação em suporte papel para outros suportes de conservação como o microfilme ou o digital;

·        Modernizar as tecnologias de conservação e de suporte documental;

·        Promover o diálogo, via eletrónica, entre cidadão, a Administração Pública e comunidade científica. 

Público alvo

Órgãos ministeriais, gabinetes governamentais e publico em geral

Impacto

Resultados
 

  • Criação de uma base de dados de arquivo,, organizada segundo as normas internacionais de descrição arquivística – ISAD(G) e ISSAR. Esta base de dados contem informações sobre os fundos, series, processos e documentos que serão parte integrante do acervo do ACMF;
  • Divulgação e disponibilização do "Arquivo Digital do Ministério das Finanças" em diferentes suportes; de entre os quais Intranet e Internet;
  • Preservação e conservação do património documental do MFAP e das entidades cooperantes;
  • Aperfeiçoamento da interface de pesquisa que permita aceder, via Intranet e Internet, aos conteúdos científicos e históricos disponibilizados.

Próximas Ações e Recomendações

Recomendações

  • Definição prévia do tipo de serviço a implementar, tendo em conta os seus utilizadores, funcionalidades, sustentabilidade tecnológica e financeira.
  • Colaboração próxima com os serviços internos de informática, essencial para a escolha das soluções informáticas certas e para o conhecimento das mesmas, que se traduz numa maior facilidade de resolver problemas e de desenvolver acções de manutenção.
  • Adopção de software open source, que garante, à partida, uma maior autonomia e longevidade tecnológica e funcional, além de oferecer a possibilidade de actualizações a baixo custos.

 

Próximas Acções

  • Atualização do software e automatização de tarefas com vista a rendibilizar o esforço despendido e garantir a eficácia.

Tecnologia

O projeto é sustentado por diversos meios tecnológicos, quer na transferência de suportes para microfilme e digital (quatro microfilmadoras, uma reveladora, uma duplicadora para sais de prata, 3 scanners de papel, um scanner de microfilmes), quer no controlo da qualidade dos microfilmes e dos documentos digitais, quer na descrição arquivística (InfoGest/ArgGest, cujo acesso é garantido por um sistema constituído por um cluster), quer na disponibilização e recuperação da informação na Internet (base de dados, banco de imagens, motor de pesquisa, devidamente suportados por três servidores, os quais, por sua vez, são salvaguardados por um sistema de backup), baseadas, estas últimas, em ferramentas open source.

Identificação da entidade

Secretaria-Geral do Ministério das Finanças badigital.sgmf.pt/mitra

Departamento responsável pelo projeto: Direção de Serviços de Arquivos e Documentação

Responsável/interlocutor pelo projeto

  • Nome: Maria João Pedro Nunes
  • E-mail: Mjoao.nunes@sgmf.pt

Taxionomia
Serviços ao Cidadão


Média (0 Votos)
The average rating is 0.0 stars out of 5.

Aviso

A informação contida nesta página é relativa à disponibilização de Boas Práticas na Administração pública, acerca de software alternativo que pode substiruir software proprietário. Contudo, esta lista não é exaustiva, podendo existir outras Boas Práticas que não se encontrem aqui partilhadas. Se tiver informação adicional e relevante, que não se encontre disponível nesta página, por favor contacte-nos.

Exposição do índice de correia fotorreceptora

Este separador de Boas Práticas, pretende ser dentro deste site, uma àrea relevante de partilha e divulgação de Boas Práticas em Software público. 
A informação que consta neste espaço está em atualização.